🎉
common:banner.cta.labellink
Casavo's logo

Ajuda

Estamos aqui para que não fiquem dúvidas.

As nossas respostas às perguntas mais comuns.

Quem somos e o que fazemos?

Tem dúvidas? É só perguntar.

Prefere falar?

Ligue-nos gratuitamente de segunda a sexta-feira, das 9:30 às 17:30.

Lista de artigos

Casavo13 Julho, A Equipa da Casavo

Dicas essenciais para criar uma casa minimalista

https://images.reactbricks.com/original/c39d93ef-ffe7-4e31-a289-201b18cd7afb.jpg

Se já passou por uma mudança de casa, temos a certeza de que se interrogou várias vezes como é possível ter tantas coisas em sua posse. Longe vai o tempo em que possuir muitos bens materiais era sinónimo de riqueza. Hoje, valoriza-se cada vez mais a simplicidade e muitos portugueses sonham com uma casa minimalista. O objetivo: uma vida com mais significado e tempo livre, sem excessos nem complicações. Neste artigo, damos-lhe algumas dicas para abraçar esta tendência e conseguir uma casa moderna simples e uma vida mais tranquila.

O que é o estilo minimalista?

Depois de uma era de consumismo desenfreado e da filosofia do “quanto mais, melhor”, veio a disciplina do desapego e a reflexão sobre o que é, de facto, prioritário na vida. Ao longo das últimas décadas, multiplicaram-se os blogues, livros e documentários sobre esta filosofia de vida. A organizadora japonesa Marie Kondo é talvez uma das mais famosas precursoras deste movimento. Criadora do método KonMari, entre outras coisas, incentiva os seus seguidores a questionarem sempre se cada objeto “sparks joy" (provoca felicidade). Por outro lado, conceitos como o slow living e as tiny homes (casas minimalistas pequenas) têm vindo também a ganhar popularidade.

Como conseguir casas modernas simples?

Imagine o seguinte cenário: esvazia totalmente a sua casa. Agora, comece a pensar no que lhe faria efetivamente falta no dia a dia, objeto por objeto. Rapidamente vai chegar à conclusão que alguns (ou muitos) dos objetos que tem são desnecessários. Este processo pode parecer avassalador, por isso, continue a ler para descobrir cinco coisas que pode fazer para conseguir uma casa minimalista, com pouco esforço.

1. Reduzir os móveis

Os móveis grandes e pesados ocupam espaço e, muitas vezes, inutilmente. Principalmente, se vive num apartamento que quer tornar minimalista, estes podem criar a sensação de falta de espaço. No entanto, com um pouco de criatividade e organização verá que alguns dos seus móveis são mesmo desnecessários. Aproveite para fazer uma seleção do que está a mais, mas não precisa propriamente de os deitar ao lixo. Venda os móveis usados para otimizar o seu espaço e ainda conseguir algum dinheiro extra.

2. Usar tons neutros e claros para maior luminosidade

A tendência minimalista é associada a leveza e luminosidade. Na moda, por exemplo, os fãs desta doutrina privilegiam estilos monocromáticos. Essencialmente, tudo o que evite a confusão ou sobrecarga visual é bem-vindo. Assim, é frequente as casas e apartamentos minimalistas serem decorados com tons neutros e claros, como o preto, branco, cinzento, castanho e bege. A combinação destas cores consegue trazer luminosidade e profundidade aos espaços, mantendo-os interessantes, ao mesmo tempo que proporciona serenidade.

3. Dispensar alguns objetos decorativos

Os especialistas em moda aconselham a tirar sempre um acessório antes de sair de casa. Faça o mesmo às tuas divisões. Pense em cada objeto decorativo e tente perceber se este traz, de facto, algum valor ao espaço e ao seu dia a dia.

Existe uma crença generalizada de que o minimalismo implica livrarmo-nos de tudo o que não tem uma função específica. No entanto, o objetivo é sermos intencionais e atribuir propósito às coisas. Se olhar para um quadro no hall da entrada ou uma planta na sala de estar o faz sentir feliz, então esse objeto tem um propósito e está a cumpri-lo.

Por outro lado, haverá certamente inúmeros objetos que já não fazem sentido numa casa simples ou num apartamento minimalista. Aproveita para mostrar o seu apreço por alguém e ofereça-os a familiares ou amigos.

4. Manter a organização

Já vimos que o minimalismo é uma filosofia que se aplica não só à decoração de interiores, mas a outros aspetos da vida como a moda, a alimentação e ao bem-estar, em geral. Assim, uma casa organizada é meio caminho andado para uma vida mais simples. Dedique algum tempo a organizar roupas, sapatos, livros e documentos e verá que a sensação de tranquilidade que isso traz é impagável. O seu “eu” do futuro vai agradecer naquelas manhãs em que precisa de sair à pressa e consegue facilmente encontrar tudo de que precisa, sem tropeções pela casa.

5. Escolher têxteis simples e sem padrão

No que toca à decoração de interiores, mais uma vez, quanto menos melhor. Opte por um estilo mais simples, despojado e… minimalista. Da mesma forma que os tons neutros conferem serenidade a um espaço, também os tecidos lisos e a ausência de texturas e padrões contribuem para trazer o minimalismo para a sua casa. Ao escolher tapetes, cortinados, sofás ou complementos como almofadas e cobertores, privilegie os tecidos sustentáveis, sem estampados chamativos que mais facilmente dão uma sensação de caos.

Esperamos que este artigo o tenha inspirado a descobrir como esta tendência pode contribuir para o seu bem-estar. Se sim, a Casavo ajuda-o a encontrar a casa perfeita para abraçar o minimalismo. Escolha a localização, defina os seus requisitos e veja as sugestões que temos para si.

Receba uma avaliação da sua casa em tempo real